Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Cayrú (1º Barão e Visconde de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Cayrú (1º Barão e Visconde de)


CAYRÚ. (1º Barão e Visconde de) José da Silva Lisboa.

Nasceu na cidade da Bahia em 16 de Julho de 1756.

Falleceu em 20 de Agosto de 1835.

Filho de Henrique da Silva Lisboa, natural de Lisboa, architecto, e de sua

mulher D. Helena Nunes de Jesus, natural da Bahia. Casou na Bahia com D. Anna Benedicta de Figueiredo.

Bacharel em direito canonico e philosophico em 1779, pela Universidade de Coimbra, onde foi professor de hebraico, grego e latim, jurisprudencia, economia politica e philosophia. Voltou ao Brasil com D. João VI, á convite deste soberano, para «auxilial-o à levantar o Imperio Brasilico».

Foi nomeado Desembargador do Paço, Deputado á Junta do Commercio, Agricultura, Fabricas e Navegação, foi Desembargador da Relação, Senador pela Bahia em 1826, membro da Assembléa Constituinte. Aos seus esforços deve-se a carta régia de 21 de Janeiro de 1808, declarando livres os pórtos e o commercio do Brasil á todos os povos.

Foi um dos maiores jurisconsultos e politicos brasileiros, tendo deixado 27 volumes de grande valor, como o Direito Mercantil (1801), Principios de Economia Politica (1804), etc.

Era do Conselho de S. M. o Imperador D. Pedro I e de S. M. Fidelissima, Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial, Commendador da I. Ordem de Christo, Official da I. Ordem do Cruzeiro, membro da Sociedade Philosophica de Philadelphia, da de Münich, do Instituto Historico de França, do Instituto Historico e Geographico Brasileiro e de muitas outras associações scientificas.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por decreto de 12 de Outubro de 1825. Visconde por decreto de 12 de Outubro de 1826.