Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Jacarepaguá (1º Barão do Paty do Alferes com grandeza, Visconde de Lorena e marquez de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Jacarepaguá (1º Barão do Paty do Alferes com grandeza, Visconde de Lorena e marquez de)


JACAREPAGUÁ. (1º Barão do Paty do Alferes com grandeza, Visconde de Lorena e marquez de) Francisco Maria Cordilho Velloso de Barbuda.

Nasceu em Portugal.

Falleceu em 2 de Maio de 1836.

Filho do Doutor José Julio Henriques Gordilho Cabral, Desembargador da Relação da Bahia, e Ouvidor Geral do Serro do Trio, e de sua mulher D. Maria Barbara Benedicta Cabral de Barbuda.

Casou com D. Marianna Laurentina da Silva e Souza, Dama honoraria de S. M. a Imperatriz, e irmã da Viscondessa de Mirandella; nasceu em 1796 e falleceu no Rio de Janeiro, e era filha de João Francisco da Silva e Souza, Senhor da Quinta da Matta da Paciencia, no Rio de Janeiro, e de sua mulher D. Marianna Eugenia Carneiro da Costa, que era filha de Braz Carneiro Leão e de sua mulher a Baroneza de São Salvador de Campos de Goytacazes.

Foi nomeado Senador pela Provincia de Goyaz em 1826, era Official General do Exercito, Reposteiro-Mór, Gentil-Homem da Camara do 1º Imperador, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real e condecorado com diversas ordens honorificas.

BRAZÃO DE ARMAS: Escudo partido em pala: na primeira, as armas dos Vellosos, — em campo vermelho, um castello de prata com tres torres, e acima de cada uma destas uma flôr de liz de oiro, em chefe; o Castello sobre um monte de sua côr, com pórtas e frestas de negro, e junto a este um açor com uma perdiz nas unhas, tudo de suas côres: na segunda, as dos Barbudas, — em campo de oiro, nove lisonjas veiradas e contraveiradas de prata e vermelho, cada tres em faxa. Timbre: o dos Vellosos, — o açor das armas, armado de oiro, com a perdiz nas unhas do pé direito. (Brazão passado a 10 de Março de 1810. Reg. no Cartorio da Nobreza, Liv. VIH, fls. 32).

CORÔA: A de Marquez.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão com grandeza do Paty do Alferes por decreto de 12 de Outubro de 1835. Visconde com grandeza de Lorena por decreto de 22 de Janeiro de 18a6. Marquez de Jacarepaguá por decreto de 17 de Outubro de 1826