Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Jaguary (Barão das Tres Barras e 2º Visconde com grandeza de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Jaguary (Barão das Tres Barras e 2º Visconde com grandeza de)


JAGUARY. (Barão das Tres Barras e 2º Visconde com grandeza de) José Ildefonso de Souza Ramos.

Nasceu em Baependy, Minas Geraes, em 28 de Setembro de 1812.

Falleceu no Rio de Janeiro, em 23 de Julho de 1883, na fazenda das Duas Barras.

Casou com D. Henriqueta Carolina de Souza Ramos.

Bacharel em direito pela Academia de S. Paulo, em 1834, foi Presidente das Provincias do Piauhy, em 1843, de Pernambuco em 1850 e de Minas Geraes, em 1848.

Ministro da pasta da Fazenda no 11º Gabinete de 1852, do Imperio, no 16º Gabinete de 1861, da Justiça no 24º de 1870. Deputado Geral pela Provincia do Piauhy na 6ª legislatura de 1845 a 1847 e pelo Rio de Janeiro na 8ª e 9ª legislaturas de 18so a 1856. Era Senador per Minas Geraes, nomeado em 1853, e Presidente do Senado de 1874 a 1881. Foi Provedor da Santa Casa da Misericordia, socio do Instituto Historico e Geographico Brasileiro, do Conselho de S. Magestade, Conselheiro de Estado em 1870, Grande do Imperio, Grã-Cruz das I. I. Ordens de Christo e da Rosa.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão das Tres Barras por decreto de 19 de Outubro de 1867. Visconde com grandeza de Jaguary por decreto de 15 de Outubro de 1873.