Abrir menu principal
(As gaivotas, tantas, tantas)
por Fernando Pessoa
Quadra escrita por Fernando Pessoa. Agrupada postumamente (em 1965) como Quadras ao Gosto Popular.[*]

As gaivotas, tantas, tantas,
Voam no rio pro mar...
Também sem querer encantas,
Nem é preciso voar.