Diferenças entre edições de "A Bigorna"

206 bytes adicionados ,  22h53min de 31 de agosto de 2006
sem resumo de edição
(para não apagar)
 
{{navegar|obra=A Bigorna<ref>Neste poema, o autor busca celebrar a formação e glória da Inglaterra, como um ferro trabalhado sobre a bigorna.</ref>|autor=Rudyard Kipling}}
[[Categoria:Poesia inglesa]]
<poem>
A Inglaterra sobre a bigorna - ouça o martelo -
Ressoando de Severn<ref>O maior rio que atravessa o Reino Unido.</ref> até o Tino<ref>Ou rio famoso do Reino Unido</ref>
Nunca foi um ferreiro como nosso rei normando
Que martelou, martelou, martelou a Inglaterra em linha!
(Mas o trabalho ficará maravilhoso quando terminar.)
Pequenos pedaços de Reinos não podem resistir à morte.
A Inglaterra sendo martelada, martelada em umaum martelar!
 
Haverá um único povo - servindo a um único Senhor -
A Inglaterra sendo martelada, e martelada se formará!
</poem>
 
==Notas==
<references />
[[en:The Anvil]]
2 595

edições