Diferenças entre edições de "Correspondência ativa de Euclides da Cunha em 1895"

m
m
Talvez a explicação do enigma esteja justamente neste verso do poeta mais filósofo que tem havido.
 
Adeus, Porchat. Dê paertadoapertado abraço no Bellegarde, Gabriel e [...] de Rezende – aos quais já escrevi. Escreva sempre ao velho companheiro
 
:Euclides da Cunha