Artigos sobre a História de Cascavel: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição não verificada][edição não verificada]
Sem resumo de edição
Filomena Morello Rafagnin lembrou, em depoimento ao jornalista Juvêncio Mazzarollo:
– Fomos a São João da Urtiga (RS) tocar um bar com mesa de bilhar e lanchonete. Ali, alguém veio com a idéia de que lugar de futuro era o Paraná. O lugar indicado era Corbélia. Meu marido (Olímpio) veio ver e gostou. Achou que era um lugar de futuro para nós e nossos filhos. Fizemos a mudança em 1959. Corbélia era um vilarejo no meio do mato. Chegamos sem ter onde morar. Conseguimos uma casinha de madeira, construímos um hotel. Foi um bom negócio. Tinha boa freguesia porque na região havia muitos cafezais. Vinham negociantes de café de São Paulo, Rio Grande do Sul e se hospedavam em nosso hotel. Depois foram para Foz do Iguaçu e a história do sucesso da família é conhecida.
LEIA MAIS:
[["Pule do avião, Tio Zaca!"]]
153

edições