Diferenças entre edições de "Pastoral aos crentes do amor e da morte (1923)/Ysmalia"

m
sem resumo de edição
m
|notas <pages index= {{integra|poema=[["Pastoral aos Crentescrentes do Amoramor e da Morte]]morte (1923).}}djvu" from=93 to=93 header=1 seção="Ismália" notas="{{ouça|Alphonsus de Guimaraens - Ismália.ogg}}" />
{{navegar
{{DEFAULTSORT:Ismalia}}
|obra = Ismália
|autor = Alphonsus de Guimaraens
|anterior =
|posterior =
|seção =
|notas = {{integra|poema=[[Pastoral aos Crentes do Amor e da Morte]].}} {{ouça|Alphonsus de Guimaraens - Ismália.ogg}}
}}
 
<poem>
Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.
No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...
 
E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...
 
E como um anjo pendeu
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...
 
As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...
</poem>{{semdata}}{{semescolaliterária}}
 
[[Categoria:Alphonsus de Guimaraens]]
[[Categoria:Poesia brasileira]]
[[Categoria:Simbolismo brasileiro]]
[[Categoria:Pastoral aos crentes do amor e da morte (1923)]]