Diferenças entre edições de "Refutação de todas as heresias/I/IV"

123 bytes adicionados ,  20h18min de 9 de agosto de 2008
sem resumo de edição
|posterior=[[Refutação de todas as heresias/I/V|I:V]]}}
 
Heráclito, filósofo natural de Éfeso, rendeu-se a uma dor universal, condenando a ignorância de toda a vida, e de todos os homens; mas ainda, comiserandolamentando a existência dosde mortais, ele afirmou saber de tudo, enquanto o resto da humanidade não sabia de nada<ref>Prócluo, em seu comentário em ''Timaeus'', de Platão, praticamente usa as mesmsamesmas palavras: "Mas Heráclito, baseado em seu próprio conhecimento universal, considera o resto da humanidade ignorante."</ref>. Mas ele também fezelaborou afirmaçõesdoutrinas avançadas, quase em acordo com Empédocles, dizendo que o princípio originalcriativo de todas as coisas é a discórdia e a amizade, e que a deidade é um fogo dotado de inteligência, e que todas as coisas levam umas as outras, e que nunca estão paradas; e, assim como Empédocles, ele afirmou que localidadeo lugar que está sobre nós está cheiarepleto de coisas más, e essas coisas más alcançam uma distância alémestão datão longe como a Lua, sendoe se entendidasestendem pelo quadrante situado ao longo da Terra, e elas não vão além, visto que o espaço além da Lua é mais puro. Isto é de Heráclito.
 
Após estes, vieram outros filósofos naturais, cujas opiniões nós não devemos considerarconsideramos necessário declararcomentar, (visto que) eles não apresentamfalam nada de diversidadediferente em relação aos já estudados. Já que, entretanto, em conjunto, nenhuma escola considerável surgiu (daídeles), e subseqüentemente muitos filósofos naturais surgiram, cada um avançandoensinando diferentesidéias tópicoscontraditórias sobre a natureza do universo, parece-nos lógico que, explicando a filosofia que veio após Pitágoras, nós devemos recorrer às opiniões que vieram daqueles que viveram após Tales, e assim fornecendo uma explicação destes, nós devemos aproximar a consideração da filosofia lógica e ética que Sócrates e Aristóteles desenvolveram, o primeiro ético, e o último lógico<ref>Ou "entre esses, Sócrates um filósofo moral e Aristóteles, um lógico, criaramdesenvolveram seus sistemas".</ref>.
 
== Notas ==
 
[[Categoria:Refutação de todas as heresias]]
[[en:Ante-Nicene Fathers/Volume V/Hippolytus/The Refutation of All Heresies/Book I/Part 6]]
2 595

edições