Diferenças entre edições de "A minha pátria é a língua portuguesa"

sem resumo de edição
{{navegar
|obra=A minha pátria é a língua portuguesa
|obra=A minha pátria é a língua portuguesa<ref>Texto publicado originariamente em "Descobrimento", revista de Cultura n.º 3, 1931, pp. 409-410, transcrito do "Livro do Desassossego", por Bernardo Soares (heterónimo de Fernando Pessoa), numa recolha de Maria Aliete Galhoz e Teresa Sobral Cunha; ed. de Jacinto do Prado Coelho, Lisboa, Ática, 1982 vol. I, p. 16-17. Respeitou-se a ortografia da época de Fernando Pessoa.</ref>
|autor=Fernando Pessoa
}}
Sim, porque a orthographia também é gente. A palavra é completa vista e ouvida. E a gala da transliteração greco-romana veste-m'a do seu vero manto régio, pelo qual é senhora e rainha.
 
== Nota ==
<references />
 
[[Categoria:Ensaios]]
110

edições