Abrir menu principal
Espumas Flutuantes
Ao publico
Nota constante na edição de 1913.

A presente edição das Espumas Fluctuantes sae conforme ao texto da primeira, dada á publicidade ainda em vida do poeta, em 1870. Terá assim o publico esta preciosa collecção restituida ao seu original, sem as alterações que se encontram em algumas das edições que ahi correm.

Achamos dever juntar-lhe uma parte supplementar, abrangendo todas as mais poesias do auctor, que até agora têm sido publicadas. Entre estes versos figuram alguns ineditos, dos quaes gentilmente permittiu cópia a amigo nosso uma das dignas irmãs do poeta, a Ex.ma Sr.a D. Amelia R. da Cunha.

Sobre tão valioso accrescimo, sae esta nova edição abrilhantada com um retrato do pranteado escriptor, e enriquecida nas ultimas paginas de alguns dos melhores cantos que em homenagem lhe foram consagrados por outros poetas.

Acreditamos, reeditando assim esta obra, prestar mais um serviço ao publico e ás letras do paiz.


O editor.