Página:A Estrella do Sul.pdf/172

166
VIAGENS MARAVILHOSAS

takit, — tinha na vespera passado pela cidade. Já era uma excellente probabilidade para o bom exito da expedição. Mas como o fugitivo tinha arranjado ali um carrinho bom com o respectivo abestruz, viram que essa expedição havia de ser bem longa, por isso que se tornava mais difficil alcançal-o.

Effectivamente não ha animaes que andem mais nem mais soffredores do que aquelles. Diremos tambem que os abestruzes de tiro são muito raros, mesmo no Griqualand, porque não é facil ensinal-os. E foi por isso que nem Cypriano nem os seus companheiros os poderam arranjar em Potchefstrom.

E veiu a saber-se que em taes condições Matakit tinha continuado o caminho para o norte com um modo de transporte que cansaria dez cavallos de muda.

Restava, pois, prepararem-se para o perseguirem com a maior rapidez possivel. Realmente o fugitivo tinha, alem da grande dianteira, a vantagem de uma velocidade muito superior á do modo de locomoção que os seus adversarios íam adoptar. Mas a final as forças de um abestruz tambem têem limites. Contando com o peior, deviam apanhal-o no fim da sua viagem.

Bem depressa Cypriano teve occasião de se felicitar por ter levado comsigo Li e Bardik ; foi quando tratou de arranjar os preparativos para a expedição. Effectivamente, em taes casos, não é pequena difficuldade escolher com discernimento os objectos que possam na realidade ser uteis. Cousa alguma póde substituir a experiencia do deserto. De nada valia a Cypriano ser eximio em calculo differencial e integral; não sabia o A B C da vida do Veld, da vida no trek, ou das rodadas do carrão, como lá se diz. Ora os seus companheiros não só pareciam poucos dispostos a ajudal-o com os seus conselhos, mas tendiam antes para o induzirem em erro.

Emquanto se tratou do carro coberto com um toldo imper-