Página:A bandeira nacional (Eduardo Prado).pdf/81


voar o deserto hemispherio com uma estrella isolada, não precisava mudar do seu caminho a innocente a da Virgem. Si o auctor da bandeira tivesse obedecido ao decreto, collocando as estrellas nas suas posições astronomicas, e não as tivesse desarranjado, β do Escorpião ficaria, naturalmente, e sem esforço, nem liberdade esthetica, por cima do plano da Ecliptica. Veja-se a carta n. 5. Tomasse α de Bootes (Arcturus), bellissima estrella, que, estando ao norte do Equador e da Ecliptica, realisaria a dupla intenção de que fala a Apreciação: — de indicar que o Brasil tem territorio ao norte do Equador e de quebrar a monotonia do hemispherio boreal, que a Apreciação julgou ficar mais interessante com a emigração da Virgem deslocada.

A Apreciação procura desculpar a liberdade, dizendo que foi apenas uma pequena variação. No globo ce-