Página:Americanas.pdf/216


Nota L

Limpo sangue tem o noivo,
Que é filho do capitão........ pag. 52


    Os Guaycurús dividem-se em nobres, plebeus ou soldados, e captivos. Do proprio texto que me serviu para ésta composição se ve até que ponto repugna, aos nobres toda a alliança com pessoas de condição inferior.
    A este propósito direi a anedocta que me foi referida por um distincto official da nossa armada", o capitão de fragata Sr. Henrique Baptista, que em 1857 esteve no Paraguay commandando o Japorá, entre o forte Coimbra e o estabelecimento Sebastopol. Ia muita vez a bordo do Japorá um chefe guaycurú, Capitãosinho, muito amigo da nossa officialidáde. Tinha elle uma irmã, que outro chefe guaycurú, Lapagata, cortejava e desejava receber por espôsa. Lapagata recebera o titulo de capitão das mãos do presidente de Matto-Grosso. Oppunha-se com .todas as fôrças ao. enlace o Capitãosinho. Um dia, perguntando-lhe o Sr. H. Baptista porque niotivo não consentia no casamento da irmã com Lapagata, respondeu o altivo Guaycurú:
    — Opponho-me, porque eu sou capitão por herança de meu pae, que ja o era por herança do pae delle. Lapagata é capitão de papel.