Página:Americanas.pdf/55




XV




Doce era a voz e triste. Rasos d′água
Os olhos. Foi desmaio de tristeza
Que o gesto dissipou da esquiva moça.
Volve ao Tamoyo vingativa ideia.
— «Minha (diz elle) ou morres!» Estremece
Potyra, como quando a brisa passa
Ao de leve na folha da palmeira,
E logo fria ao barbaro responde:
— «Jaz esquecida em nossas velhas tabas
O respeito da espôsa? Acaso é digna
Do sangue do Tamojo ésta ameaça?