Página:Arte da Lingoa de Iapam.pdf/9

PROEMIO.

C

OMO ſeja proprio do inſtituto da Cõpanhia de IESV ajudar o Proximo, & deſcorrer por varias partes do mundo trazendo as almas ao verdadeyro conhecimento de ſeu criador, & pera iſto ſe tenha por meyo neceſſario ſaber a lingoa daquelles com que tratamos; muyto tempo ha que os Superiores da meſma Companhia de Iapão deſejauão q̃ ſe ordenaſſe, & imprimiſſe hũa Arte pera cõ mays facilidade aprẽderem a lingoa deſta nação noſſos Padres, & Irmãos, que de Europa, & da India vem a trabalhar neſta vinha do Senhor; mas o graue peſo da cõuerſam, & as cõtinuas occupações dos ſujeytos q̃ niſto poderam entender não deram lugar a ſe effeytuar mays cedo; auẽdo agora mayor cõmodidade, me ordenarão os meſmos Superiores q̃ compuſeſte eſta Arte, na qual alem das conjugações, & rudimenta, ſe declaraſſem cõ a facilidade poſsiuel as regras, & preceytos que eſinão a falar certo, & com elegancia: no que me ajudey de algũas annotações, que acerca deſta materia algũs Padres noſſos tinhão feyto, & andauão eſcritas de mão, ajuntando outras varias couſas q̃ em deſcurſo de muy-