Página:Arte de Grammatica da Lingoa mais Vsada na Costa do Brasil (Anchieta 1595).djvu/100

ARTE DA

Naixêrua ̂̑açô, não ſou eu o que vou.

Na Pedro rua ̂̑ajucâ, não he Pedro o que eu mato.

Naxerúbaçupê rua ̂̑aimeêng, não he meu pay a quẽ o dey.

Da meſma maneira todas as orações, ou membros de orações dos tempos que não tem articulos ão de ficar atras como que foſſem hũ ſo nome. vt, naixê çóreme rua ̂̑túri,não porque eu fuy veo elle, ou, não porque eu ſou o que fuy.

Nambaê úpotâ rua ̂̑ajuûr, não por querer comer venho.

E aſsi nos negatiuos, vt, naxeçóeíme rua ̂̑, Não porque eu não fuy, nauixoeíma rua ̂̑. Em lugar do,rua ̂̑, ſe ſoe por, péi, no fim do verbo tirada ſempre delle a vltima conſoante nos affirmatiuos, vt, naxeçópéi,não porque vou. naxerauçupéi,não porque me ama.

Se tem, m. n. ou til, quer no affirmatiuo, quer no negatiuo ja ſe ſabe que ſe ha de mudar em. b. vt ſupra.

vt, naxêcèmbéi, não porque eu ſaya.
naxêrauçúbeimbéi, não porque não me ama.

Da ſegunda ſignificação de ſum, que he ter ou poſsuir, vt est mihi filius, tenho filho.

N

Eſta ſignificação ſe conjugão todos nomes aſsi adiectiuos, como ſubstantiuos com ſeus ſuppoſtos, como os verbos que não tem ſuppoſtos, tirando ſempre a vltima vogal aos que tem o accẽto na penultima, vt, pindâ, anzol.

xêpindâ, tenho anzol, yxê xepindâ, xêpindâixê.