Página:Aviario brasilico ou Galleria ornithologica das aves indigenas do Brasil.pdf/21

9
ornithologia fundamental

aquella; ou estão junto á base do bico; ou na mesma base, ou na sua ponta voltadas para o bico.

     Cera: he huma certa membrana colorida, que veste a base do queixo, ou mandibula superior, como se vé nos Papagaios, e outros.

     Caruncula: (crista falsa) sào os ornatos carnosos, descobertos, e brandos da cabeça, e do pescoço de algumas Aves, como se vé nos Gallos, Perús, e na Avestruz Casuaria; e sepoderião reputar taes, as que as Perdizes tem nas sobrancelhas.

     Loro: podia aqui ter lugar, como parte descoberta, ou implume, se não fosse contemplado, como huma fenda da cutis, e por isso arranjado acima.

     Pes : todas as Aves tem dois somente, com que andão pela terra; porém o femur, em algumas aquáticas, se acha incluido dentro do tegumento do abdomen, de maneira que só apparecem exteriormente as canellas, e os dedos; e por esta causa lhe dão o nome de compodes (a)[1] Além disto ainda tem differença, conforme as canellas, e os dedos.

     Canellas: gosão ordinariamente de huma figura roliça, e as dos aquaticos de huma chata; a maior parte as tem descalças; mas as Águias, os Estriges, e algumas outras nocturnas, as tem calçadas de polainas de pennas (b)[2].

     Femur: costuma ser calçado até o meio, ou descalça a parte, que se approxima aos joelhos. As Gralhas nos darão o exemplo.

     Armella: he hum certo annel de differente côr, que lhe rodéa a parte superior do joelho, o que se vé nas Fulicas (c)[3].

     Dedo: e situão-se de differentes maneiras, as mais das vezes tem tres dianteiros, e esta sua differente posição influe na diversidade seguinte dos seus pés.

     Andadores, ou Caminhadores: são os que tem os tres dedos dianteiros, distinctos, e hum posterior, que são muito communs. Fig. 1.

     Passeadores: são aquelles que tem dois dedos dos anteriores pegados, sem interposição de membrana alguma. Fig. 2.

     Nadadores: tem os dedos pegados por huma membrana, que os une entre si. Veja-se nas Adens Fig. 6.

     Fralados, ou Orlados: são aquelles, que tem dedos divididos, mas guarnecidos por hum, e outro lado, de huma membrana recortada em pontas salientes. Fig. 4.

     Pennulados: os fraldados, que tem, em hum, e outro lado de cada articulação, a sua membrana distincta. Fig. 5.

     Corredores: quando lhe falta o dedo na parte superior. Desta especie de pés só conhecemos os da Avestruz, que he de dois dedos. Fig. 6.

     Trepadores: quando tem dois dedos dianteiros, e dois posteriores. Fig. 3.

     Unhas: ( quasi todas as tem encastoadas nas pontas dos dedos), assobelladas, e curvas: humas agudas, outras com sua rebarba em roda, poucas com dentes, ou serradas, e muito menos mutiladas (d)[4].

     Ferrões: são, além do bico, as armas, com que brigão, e se acommettem as Aves.

     O Ferrão axillar: que se vé nos encontros das azas, no lugar em que lhes nasce o pollegar, junto da aza bastarda, e se termina em huma ponta curva. Vem-se na Paiamedea (e)[5], na Parra (f)[6], na Ema.

     Esporões, ou Pesunnos: são os dedos bastardos,

que
  1. (a) Pésanáos, pealos, curtos,
  2. (b) Vulgo calçadas: e as descalças, se dizem Sancos.
  3. (c) Vulgo Rabacoelha.
  4. (d) Vulgo nas de rapina garras, e os dedos solitarios e maiores, alcanços.
  5. (e) No Brasil Anhyma.
  6. (f) Sacana, Aguapecaba, Macauã.