Página:Broqueis.pdf/50



Immaculado, sobre o lôdo immundo,
Ha de subir, com as vivas castidades,
Das tuas glorias o clarão profundo.

Ha de subir, além de eternidades,
Diante do tôrvo crocitar do mundo,
Para o branco Sacrario das Saudades !