Página:Broqueis.pdf/94



Vans dilacerações de um Sonho estranho,
Errante, como ovelhas de um rebanho,
Na noite de hostias de astros constellada....

Errante, errante, ao turbilhão dos ventos,
Sentimentos carnaes, vãos sentimentos
De chamma pelos tempos apagada...