Abrir menu principal

Página:Escudo admiravel para os males da vida.pdf/42


esse mesmo, de cuja Peregrinaçaõ nós tanto nos compadecemos, he, e há de ser o nosso Juiz. MARIA, cujas lagrimas, afflicçoens, e fadigas neste Desterro tanto lamentamos, ha de ser como Accessora daquelle Tribunal. JOZE', a quem accompanhamos no susto, e na ancia por causa do Menino, e da Senhora, há de ser testemunha. Quem, tendo sido seu verdadeiro devoto, deixará de esperar boa sentença? Haõ de desterrar para sempre da sua verdadeira Patria a huma alma, que tanta pena tomara de os ver por sette anos desterrados da sua? Há de JESU CHRISTO excluir do Paraiso, e pronunciar sentença de morte eterna contra quem tanto se affligia com a impia sentença de morte, que Heródes tinha pronunciado no seu coraçaõ contra o mesmo Senhor, sendo Menino? He crivel finalmente, que aquelles Santos Peregrinos naõ recebaõ amorosamente huma alma, que se acha estranha, e peregrina pela Regiaõ da Eternidade, quando essa mesma os

defe