Abrir menu principal

Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/195

187
ESPUMAS FLUCTUANTES


AVES DE ARRIBAÇÃO


Pensaraam ti naa bora* d« tristeza

Qiiaudo estes Tersos palUdos oompuiCercavam-me
planícies sem belleza,
Fesava-me na fronte oin oéo sem los.

Krgme este ramo solto no caminhoSei
que eoi teu selo asylo encontrará.
8<5 ta conheces o secreto espinho
Que dentro d′alma me pnugiudo eetá
(Faockdss Vabklla.)

▲▼es, é primavera 1 á rosal á rosst
{TuoiíÁZ RTBgrao.)

1

Era o tempo em qne as ágeis andorinhas
Consultam-se na beira dos telhados,
E inquietas conversam, perscrutando
Os pardos horizontes carregados...

Em que as rolas e os verdes periquitos
Do fundo do sertão descem cantando...