Abrir menu principal

Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/289

281
ESPUMAS FLUCTUANTES



REMORSOS

Em que pensa Carlota após a walsa,

No tapete
Atirando o burnu, quando descalça,
Ou melhor... quando rompe a luva, a fita,

Se a presilha, o colchete
Em leve resistência a mão lhe irrita?
Em que pensa Carlota após a walsa?

Em que sonha Carlota á madrugada,

Quando aperta
Ao travesseiro a bocca perfumada,
E afoga o seio sob a cruz de prata,

Pela camisa aberta,
Que um movimento languido desata?
Em que pensa Carlota á madrugada?

-rpp 16.