Página:Fantina- (scenas da escravidão).pdf/127

XXXIV

Emquanto D. Luzia estava no banho Fantina foi ao armario para lambiscar. Nisto Rosa approximou-se della e disse :

— Menina, quero fallar com você, e afastou-se para o corredor que dizia para o tear.

Fantina mordendo um pedaço de queijo, e innocente como um sonho em manhã de primavera, acompanhou a velha. Suppunha ser alguma noticia de Daniel, porque havendo rancho nos pastos da fazenda, outros tropeiros podiam tél-o visto. Quando, porem, ouviu de envolta o nome de Frederico quiz correr, mas a velha segurou-a dizendo :

— Não, não pode ser assim, menina, é preciso arranjar a vida.

Eu também já fui como você, cheia de medo, de quindins, hoje sou vacca solta que lambe-se toda.

Fantina vacillou como bebeda, quiz gritar.