Página:Fantina- (scenas da escravidão).pdf/140

136

FANTINA

um meio de remover do caminho aquelle rochedo de granito. Afinal Frederico lembrou-se de um meio : havia poucos dias que apparecera um homem todo esfaqueado nas terras da fazenda, e procediam á severas indagações policiaes. Lembrou-se então de apontar Daniel como cumplice ou auctor do crime.

Gozando da supermacia que dá a riqueza, impoz ao delegado a prisão do rapaz. Fantina soube, chorou muito e quiz suicidar-se atirando-se ao rio ; mas Daniel ainda solto, encorajou-a. Batida todos os dias pelos argumentos vibrantes de Frederico, a fragil mulatinha parecia uma rocha onde as ondas em ura remegir lacoontico arrastavam-se, espadanando-se em recôncavos de surdos escarcéos. Por momentos dirse-hia sepultada nos horrores da perdição; mas, quanto mais subia a onda inimiga, tanto mais alta sobrenadava a arca de seus votos ardentes.

---------------------

Partiram para a Capital, e Daniel corrido, perseguido por todos os lados, foi victima da sanha policial. Com a casa cercada por deseseis praças mercenarias, o rapaz tomou a faca e a garrucha, subiu ao tecto da casa e dahi passou á cumieira.