Página:Fantina- (scenas da escravidão).pdf/84

80

FANTINA

ava pés e fazia uma creoulinha, ás vezes de quartoze annos, sentar cora as saias levantadas sobre o formigueiro assanhado.

— E' um monstro, D. Luzia ; fallava Frederico muito convicto.

D. Luzia continuando a narrativa sobre o Zé de Deus, disse, que elle possuía dois munjolos que socavam sabugos de milho ; e que tendo grande laranjal, alimentava os negros tres, quatro mezes com angú e laranjas.

O próprio Zé de Deus é que tomava conta das chaves, e recebendo o fubá do milho e do sabugo, fazia angu deste e vendia aquelle.

— De um homem que lambe o beiço das negras em dias de moagem para ver si ellas chuparam cannas, nada merece credito.

— De certo, concluia Frederico.