Abrir menu principal


a minha vontade, é provável que lá vá ter. Já mandei pedir licença.

- E quem fica na coletoria, senhor capitão? perguntou o Costa e Silva.

- O meu escrivão. É um moço de muito bons costumes em quem deposito a maior confiança. Espero que Silves não sofrerá muito com a minha falta.

E sorriu amável para o José Antônio Pereira, que, todo curvado, fechava os olhos, agradecia, comovido:

- Oh, senhor capitão, oh! senhor capitão. V. S.a confunde-me...

- É justiça, moço, atalhou o Neves.

Todos apoiaram. Era justiça e não favor, porque o José Antônio Pereira era um moço de muito bons costumes.

- Então você não vai aos castanhais, este ano, disse-lhe o Mapa-Múndi, pois olhe, tenho pena.

- Eu sim, vou, afirmou o Bernardino passando com a bandeja das suspiradas fatias. O rapazinho quer passar a lua-de-mel