Página:Ultimos Sonetos.pdf/25


CONCILIAÇÃO


Se essa angustia de amor te crucifica,
Não és da Dor um simples fugitivo:
Ella marcou-te com o sinete vivo
Da sua estranha magestade rica.

És sempre o Assignalado ideal que fica
Sorrindo e contemplando o céo altivo;
Dos Compassivos és o Compassivo,
Na Transfiguração que glorifica.