Sê feliz!

Sê feliz!
por Paulo Setúbal
Poema publicado em Alma Cabocla


És noiva... Em breve há de raiar o dia,
Festivo, azul, vibrante de alegria,
Que te sorri num céu de rosícler.
Irás à igreja. E, num altar formoso,
Branca de anseio, trêmula de gozo,
Verás florir teu sonho de mulher!

Oh! Nessa noite, o baile terminado,
Ao te despedires para o teu noivado,
Sonhando os sonhos que a paixão te diz,
Tu hás de ouvir, na alcova silenciosa,
O tom queixoso duma voz queixosa,
Que te dirá baixinho: Sê feliz!

E, pálida de susto, ao escutá-la,
Hás de reconhecer a minha fala,
Ouvindo a minha voz naquela voz!
E hás de sentir, como jamais sentiste,
O fel que vai naquele verso triste,
A dor que punge aquela frase atroz...