Abrir menu principal
A raposa e as uvas
por Esopo


Era o mês Outubro quando a história começa:

Havia duas raposas que andavam muito esfomeadas.

Indo as duas a a falar das dificuldade da falta de comida na zona. Ao passarem por uma vinha, uma delas apercebe-se de um cacho de uvas muito pequeno, numa das videiras mais altas, que não foi colhido nas vindimas. Começa então a saltar insistentemente para o alcançar, mas quanto mais tentava, mais parecia que o cacho mais alto lhe ficava.

Depois de tanto insistir e de muito se cansar foi obrigada a desistir, mas não querendo ficar mal perante a outra raposa disse:

- Também não faz mal, estavam verdes...

Moral- Quem desdenha, quer comprar.