A uma senhora que me pediu versos

A uma senhora que me pediu versos
por Machado de Assis
Pertence a coletânea Ocidentais, publicada em Poesias Completas (1901), página 343.

A UMA SENHORA QUE ME PEDIU VERSOS


Pensa em ti mesma, acharás
         Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
         Doçura e paz.

Se já dei flores um dia,
         Quando rapaz,
As que ora deu tem assaz
         Melancolia.

Uma só das horas tuas
         Valem um mez
Das almas já resequidas.

         Os soes e as luas
Creio bem que Deus os fez
         Para outras vidas.