Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Alcantara (Barão e Visconde com grandeza de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Alcantara (Barão e Visconde com grandeza de)


ALCANTARA. (Barão e Visconde com grandeza de) João Ignacio da Cunha.

Nasceu em S. Luiz do Maranhão, em 23 de Junho de 1781.

Falleceu no Rio de Janeiro em 14 de Fevereiro de 1834.

Filho do Dr. Bento da Cunha, e de sua mulher, D. Marianna Mendes da Cunha.

Casou com D. Violante Luiza de Vasconcellos, que nasceu a 5 de Outubro de 1780 e falleceu no Rio de Janeiro, em 9 de Maio de 1855; era filha do Capitão Felippe Nery de Vasconcellos e de sua mulher D. Antonia da Cunha Vasconcellos.

Bacharel em Direito pela Universidade de Coimbra em 1806, foi Juiz de Orphãos em Lisboa em 1807. Magistrado, foi Desembargador dos Aggravos e do Paço, em 1822; Chanceller da Casa de Supplicação, Intendente Geral de Policia, Conselheiro de Estado em 1823. Senador pela Provincia do Maranhão em 1826, Ministro do Imperio no 8º Gabinete de 1829 e da Justiça no 10º Gabinete de 1831. Era membro do Supremo Tribunal de Justiça e do Conselho de S. Magestade Cavalleiro da Real Ordem da Torre e Espada de Portugal, da I. Ordem do Cruzeiro e da de Christo.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por decreto de 12 de Outubro de 1825. Visconde com grandeza por decreto de 12 de Outubro de 1826.