Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Amparo (1º Barão do)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Amparo (1º Barão do)


AMPARO. (1º Barão do) Manuel Gomes de Carvalho.

Nasceu na quinta de seus paes em S. Thiago de Amorim, em Braga,

Portugal, em 21 de Fevereiro de 1788.

Falleceu em Barra Mansa, na Provincia do Rio de Janeiro, em 25 de Maio de 1855.

Filho de Mathias Gomes de Carvalho e de sua mulher D. Josepha Martins de Carvalho.

Casou com D. Francisca Bernardina Leite de Carvalho, que falleceu em 15 de Outubro de 1875. Eram paes do Barão do Rio Negro, do 2º Barão do Amparo e do Visconde de Barra Mansa.

Veio para o Brasil, com treze annos de idade, para a companhia de alguns seus parentes. Era fazendeiro e grande capitalista na Provincia do Rio de Janeiro. Tenente-Coronel do Corpo de Cavallaria das Milicias e Commendador da Imperial Ordem de Christo.

BRAZÃO DE ARMAS: Escudo esquartelado; no primeiro e quarto, em campo de oiro, tres cabeças de indios araris, com turbantes de pennas de côres, póstas em roquete, duas e uma; no segundo e terceiro, em campo vermelho, um pelicano de oiro em um ninho, mordendo as entranhas, para com seu sangue nutrir os filhos; tendo em chefe uma banda azul com tres besantes de prata.

Timbre: Uma das cabeças de indio do escudo. Divisa: Ambitio et invidia sit procul. (Brazão passado em 21 de Agosto de 1853. Reg. no Cartorio da Nobreza Liv. VI, fls. 63).

CORÔA: A de Barão.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão por decreto de 17 de Janeiro de 1853.