Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Antonina (Barão com grandeza de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Antonina (Barão com grandeza de)


ANTONINA. (Barão com grandeza de) João da Silva Machado.

Nasceu na villa de Taquary, no Rio Grande do Sul, em 17 de Junho de 1782.

Falleceu em S. Paulo em 19 de Março de 1875.

Filho de Manuel da Silva Jorge e de sua mulher D. Antonia Maria de Bittencourt.

Casou com D. Anna Ubaldina do Paraiso Guimarães, deixando grande descendencia.

De simples tropeiro, diz um seu biographo, tournou-se um elemento de progresso de S. Paulo, por seu perseverante trabalho e valor, alcançando uma brilhante posição.

Era Tenente-Coronel de Milicias, em 1829, Coronel Honorario do Exercito em 1842, Chefe de Legião e Commandante Superior da Guarda Nacional. Foi Deputado provincial em S. Paulo, Senador pela Provincia do Paraná, em 1854; Director da Fabrica de Ferro de Ipanema e Veador Honorario de S. Magestade a Imperatriz.

Era Grande do Imperio, Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial, grande Dignitario da I. Ordem da Rosa, Official da I. Ordem do Cruzeiro, e socio do Instituto Historico e Geographico Brasileiro.

BRAZÃO DE ARMAS: Em campo de prata, um leão de purpura armado de góles, tendo na garra destra um catecismo e um rosario de oiro e na espadoa um machado do mesmo metal; acompanhado á sinistra de um indio ao natural, virado para a esquerda, depondo as armas, que são de oiro. (Brazão passado em 17 de Setembro de 1859. Reg. no Cartorio da Nobreza, Liv. VI, fls. 40).

CORÔA: A de Conde.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão por decreto de 11 de Setembro de 1843. Barão com grandeza por decreto de 13 de Agosto de 1860.