Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Carapebús (1º Barão de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Carapebús (1º Barão de)


CARAPEBÚS. (1º Barão de) Joaquim Pinto Netto dos Reis.

Nasceu na Freguezia de S. Salvador de Campos dos Goytacazes, na Provincia do Rio de Janeiro.

Falleceu no Rio de Janeiro em 12 de Março de 1867.

Filho do Guarda-Mór Bernardo Pinto Netto da Silva, natural de Portugal e irmão germano do Capitão Jeronymo Pinto Netto, pae de Manuel Pinto Netto Cruz, 1º Barão de Muriahé, Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial e Commendador da I. Ordem de Christo, e de sua mulher D. Maria Anna Pereira, natural de Campos dos Goytacazes.

Casou com D. Antonia Joaquina da Cruz Netto dos Reis, filha do Capitão Antonio Dias Coelho Netto Filho, natural do Rio de Janeiro, e de sua mulher D. Maria Pinto da Cruz Netto.

Bacharel em direito pela Universidade de Coimbra, era Tenente-Coronel Commandante do 13º Batalhão da Guarda Nacional da Provincia do Rio de

Janeiro.

Era Commendador da I. Ordem da Rosa e da de Christo, Moço Fidalgo da Casa Imperial e Guarda-Roupa de S. Magestade o Imperador.

BRAZÃO DE ARMAS: Escudo esquartelado: no primeiro quartel as armas dos Pintos, — em campo de prata, cinco crescentes de lua vermelhos, póstos em aspa —; no segundo as dos Nettos, — campo partido em pala, vermelho e azul e sobretudo um leão de oiro rompente, armado de prata, e uma bordadura de oiro com quatro flôres de liz de azul e quatro folhas de figueira ao natural —; e assim os contrarios. Timbre: o leão das armas com uma folha de figueira ao natural, na testa. (Brazão passado em 10 de Maio de 1855. Reg. no Cartorio da Nobreza, Liv. VI, fls. 20).

CORÔA: A de Barão.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão por decreto de 2 de Desembro de 1854.