Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Caravellas (1º Visconde com grandeza e Marquez de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Caravellas (1º Visconde com grandeza e Marquez de)


CARAVELLAS. (1º Visconde com grandeza e Marquez de) José

Joaquim Carneiro de Campos.

Nasceu na cidade da Bahia em 4 de Março de 1768.

Falleceu no Rio de Janeiro em 8 de Setembro de 1836.

Filho de José Carneiro de Campos, negociante na Bahia, e de sua mulher D. Custodia Maria do Sacramento.

Formado em theologia e depois em direito pela Universidade de Coimbra, foi preceptor dos filhos do Conde de Linhares.

Veio para o Brasil em 1807, sendo nomeado Official Maior da Secretaria dos Negocios do Reino. Foi Deputado á Assembléa Constituinte, em 1823, Ministro de Estado do Imperio e Negocios Estrangeiros no 2º Gabinete de 1823, da Justiça no 5º Gabinete de 1826, e dos Estrangeiros no 8º Gabinete de 1829.

Era do Conselho de S. Magestade em 1818, Conselheiro de Estado em 823, redactor do projecto de Constituição do Imperio, Senador pela Provincia da Bahia em 1826, Regente do Imperio eleito em 7 de Abril de 1831.

Era Commendador da R. Ordem de Christo de Portugal e da Corôa de Ferro da Austria, Cavalleiro da Ordem de N. S. da Conceição de Villa Viçosa, Dignitario da I. Ordem do Cruzeiro, Conselheiro honorario de Capa e Espada, Membro do Conselho da Fazenda em 1820, etc.

Socio honorario da Sociedade de Medicina e da Academia de Industria Agricola Manufactureira e Commercial de Paris, membro do Instituto Historico e Geographico Brasileiro e de varias outras sociedades scientificas.

S. Magestade o Imperador D. Pedro I lhe fez mercê do titulo de Visconde em 1824, em attencção aos «singulares serviços prestados por elle e ao patriotico empenho que mostrou de querer salvar a Nação das desgraças da anarchia, concorrendo con illuminado zêlo para a segurança do Throno e conservação do systhema constitucional»

Foi o Ministro que entregou ao Conde do Rio Mayor oultimatum sobre a scisão entre o Brasil e Portugal em 1823.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Visconde com grandeza por decreto de 12 de Outubro de 1824. Marquez por decreto de 12 de Outubro de 1826.