Abrir menu principal
Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Irajá (Conde de)


IRAJÁ. (Conde de) D. Manuel do Monte Rodrigues de Araujo. Nasceu no Recife, em Pernambuco, a 17 de Março de 1798.

Falleceu em 11 de Junho de 1863, no Paço da Conceição, no Rio de Janeiro.

Filho de João Rodrigues de Araujo e de sua mulher D. Catharina Ferreira de Araujo.

Sabio prelado e politico. Professor de Theologia, durante 17 annos, no Seminario de Olinda, deputado á Assembléa Geral duas vezes, pela Provincia de Pernambuco, nas 3ª e 4ª legislaturas, de 1834 a 1841, e pelo Rio de Janeiro na 6ª legislatura de 1845 a 1847.

Capellão-Mór de S. M. o Imperador, sagrou e deu a benção nupcial a SS. MM. Imperiaes e as Princezas D. Januaria e D. Francisca e baptisou os Principes Imperiaes. Era prelado domestico e assistente ao Solio Pontificio, 9º Bispo do Rio de Janeiro, confirmado por Bulla do Papa Gregorio XVI, tomando posse em 1840, membro do Instituto Historico e Geographico Brasileiro, da Academia de Sciencias e Artes de Roma, etc.

Gran-Cruz da Ordem de S. Januario, da Ordem de Francisco I, Grande Dignitario da I. Ordem da Rosa. Autor de varias obras de theologia e moral, entre ellas do Compendio de Theologia Moral e Elementos de Direito Ecclesiastico.

BRAZÃO DE ARMAS: Um escudo com as armas dos Araujos, que são: em campo de prata, uma aspa azul carregada de cinco besantes de oiro. Sobre o escudo, á destra, uma mitra de Bispo, á sinistra o baculo episcopal com a curva para fóra e no centro uma cruz de oiro florida.

CORÔA: A de Conde sobre a Chapeu semi-pontifical de Bispo.

CREAÇÃO DO TITULO: Conde por decreto de 25 de Março de 1845.