Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Lages (1º Barão, 1º Conde e Marquez de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Lages (1º Barão, 1º Conde e Marquez de)


LAGES. (1º Barão, 1º Conde e Marquez de) João Vieira de Carvalho.

Nasceu em Olivença, em 16 de Novembro de 1781.

Falleceu em 1 de Abril de 1847.

Filho do Coronel João Vieira de Carvalho e de sua mulher D. Vicencia

da Silva Nogueira de Carvalho.

Casou com D. Izabel Eleonor da Motta Leite Araujo, fallecida a 22 de Novembro

de 1859.

Estudou no Collegio dos Nobres, em Lisboa. Sentou praça de soldado em 1786; reconhecido cadete em 1796, foi alferes em 1801, ajudante do 2º Regimento de Olivença, em 1805.

Na invasão franceza, militou na Peninsula, mas não querendo servir as armas do conquistador, e soccorrido pelo Marquez de Alorna, veio para o Brasil offerecer ao Rei os seus serviços. No posto de Sargento-Mór de Engenheiros, fez a Campanha do Sul, de 1811 a 1812 e de 1816 a 1817; sendo neste anno promovido a Tenente-Coronel, por valiosos serviços, subiu até o posto de Marechal effectivo do Exercito, em 1827.

Foi 11 vezes chamado aos Conselhos da Corôa, e foi Ministro da Guerra e de outras pastas nove vezes. Era Senador do Imperio pela Provincia do Ceará, em 1829, e presidiu o Senado de 1844 a 1846. Conselheiro de Estado, em 1826, era Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial, e teve a honra de servir de Alferes-Mór na Coroação e Sagração de S. M. o Senhor D. Pedro II.

Era Grã-Cruz da I. Ordem de S. Bento de Aviz, e Official da I. Ordem do Cruzeiro, e Socio do Instituto Historico e Geographico Brasileiro.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão com grandeza por decreto de 12 de Outubro de 1825. Conde por decreto de 12 de Outubro de 1826. Marquez por decreto de 25 de Março de 1845.