Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Nacar (Barão e Visconde de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Nacar (Barão e Visconde de)


NACAR. (Barão e Visconde de) Manuel Antonio Guimarães.

Nasceu em Paranaguá, Provincia de Paraná, a 15 de Fevereiro de 1813.

Falleceu nessa cidade em 16 de Agosto de 1893.

Filho do Capitão Joaquim Antonio Guimarães e de sua mulher D. Anna Maria da Luz.

Casou em primeiras nupcias, a 9 de Junho de 1833, com D. Maria Clara Correia, fallecida em 13 de Junho de 1849, e em segundas nupcias a 23 de Fevereiro de 1850 com sua cunhada D. Rosa Narcisa Correira, a qual falleceu em 25 de Maio de 1888; ambas filhas do Tenente-Coronel Manuel Francisco Correia e de sua mulher D. Joaquina Maria da Ascenção.

Importante negociante e chefe politico, Coronel Commandante Superior da Guarda Nacional da Comarca de Paranaguá e Provedor da Santa Casa de Misericordia.

Foi Deputado Provincial em S. Paulo em 1851, e no Paraná em diversas legislaturas e como Vice-Presidente administrou esta Provincia em 1873 e 1877; Deputado Geral pela dita Provincia na 20ª legislatura de 1886 a 1889.

Era Dignitario da Imperial Ordem da Rosa, Commendador da de Christo e Cavalleiro do Cruzeiro.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por decreto de 21 de Julho de 1876. Visconde por decreto de 31 de Agosto de 1880.