Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Ponte Ribeiro (Barão de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Ponte Ribeiro (Barão de)


PONTE RIBEIRO. (Barão de) D.r Duarte da Ponte Ribeiro.

Nasceu a 2 de Março de 1795, na freguezia de S. Pedro de Pavolide, em Portugal.

Falleceu em 1 de Setembro de 1878, no Rio de Janeiro.

Filho do Cirurgião José da Costa Queiroga da Ponte Ribeiro, e de sua mulher D. Anna Ribeiro.

Transportou-se para o Brasil em 1807 acompanhando o illustre Cirurgão, lente da Escola de Cirurgia, Joaquim da Rocha Mazarom, que veio como 1º Cirurgião da náo Principe Real. Em 1811, contando apenas dezeseis annos de idade, foi-lhe conferida a carta de Cirurgião pela Escola Medico-Cirurgica, que se fundou em 1808.

Em 1822 adoptou a causa da Independencia do Brasil, sua patria adoptiva. Foi em 1826 nomeado Consul Geral na Hespanha, levando a missão do reconhecimento da Independencia do Brasil.

Serviu depois nas diversas legações em Lisboa, Mexico, Perú, Bolivia. Em 1841 foi nomeado Chefe da 3ª Secção da Secretaria de Estado dos Negocios Extrangeiros. Foi Ministro residente em Buenos Aires, até a Guerra do Rosas, em 1851, seguindo depois para as republicas do Pacifico, onde firmou com o Perú o tratado de 1851.

Teve a mercê de Cavalleiro professo da Ordem de Christo, em 1829, e a Commenda da mesma Ordem em 1841.

Era do Conselho de S. Magestade, Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial, Grande Dignitario da Imperial Ordem da Rosa. Socio do Instituto Historico e Geographico Brasileiro desde 1838, Membro titular do Instituto d′Africa, em Paris, da Academia Real de Sciencias de Lisboa, e de outras associações scientificas.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão por decreto de 11 de Abril de 1873.