Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/São Simão (Barão e Conde de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
São Simão (Barão e Conde de)


SÃO SIMÃO. (Barão e Conde de) Paulo Fernandes Carneiro Vianna.

Nasceu em 10 de Março de 1804.

Falleceu em 14 de Fevereiro de 1865.

Filho de Paulo Fernandes Vianna, Desembargador do Paço e do Conselho de S. M., Cavalleiro Professo da Real Ordem de Christo; e de sua mulher D. Luiza Rosa Carneiro da Costa, 4ª filha de Braz Carneiro Leão e de sua mulher D. Anna Francisca Maciel da Costa, Baroneza de S. Salvador de Campos, titulo Portuguez.

Casou a 11 de Abril de 1830, com D. Honorata Carolina Benigna da Penha de Azevedo Barroso, que nasceu a 22 de Desembro de 1816, filha de João Gomes Barroso, Fidalgo Cavalleiro da Casa Real, Coronel de Milicias e Commendador da Real Ordem de Christo; e de sua mulher D. Maria Joaquina de Azevedo.

O Conde de São Simão era irmão da Marqueza da Cunha e pae da 3ª Viscondessa da Cachoeira. Foi Barão de São Simão por Portugal, Senhor da Estancia de São Simão, no Rio Grande do Sul. Era Grande do Imperio, Gentil-Homen da Imperial Camara, Cavalleiro da Imperial Ordem do Cruzeiro, Commendador da Imperial Ordem de Christo e da Imperial Ordem da Rosa, e Cavalleiro da Ordem de N. S. da Conceição de Villa Viçosa de Portugal.

BRAZÃO DE ARMAS: Em campo vermelho, uma banda de azul coticada de oiro, carregada de tres flôres de liz do mesmo, entre dois carneiros de prata, armados de oiro. Timbre: um dos carneiros do escudo.

CORÔA: A de Conde.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por Portugal por Alvará de 6 de Fevereiro de 1818. Barão por decreto de 33 de Janeiro de 1823. Conde por decreto de 12 de Outubro de 1826. Senhorio de São Simão por carta de 12 de Outubro de 1810.