Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Santa Cruz (Duque de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Santa Cruz (Duque de)


SANTA CRUZ. (Duque de) Sua Alteza o Principe D. Augusto Carlos Eugenio Napoleão, Duque de Leuchtenberg, Principe d′Eichstadt.

Nasceu a 9 de Desembro de 1810.

Falleceu em Lisboa, no Paço das Necessidades, em 28 de Março de 1835, sem successão.

Filho e herdeiro de S. A. o Principe Eugenio de Beauharnais, Duque de Leuchtenberg e Principe d′Eichstadt, e da Princeza D. Augusta Maria Amalia, filha de Maximiliano José I, Rei da Baviera.

Casou por procuração, em Münich, a 5 de Novembro de 1834 e em pessoa, em Lisboa, a 26 de Janeiro de 1835, com S. M. a Rainha D. Maria II, «a virtuosa», D. Maria da Gloria Joanna Carlota Leopoldina da Cruz Francisca Xavier de Paula Izidora Michaela Gabriela Rafaela Gonzaga, 29ª Reinante de Portugal e 25ª dos Algarves, Princeza da Beira e do Grão Pará, Grã-Mestra das Ordens de N. S. da Conceição de Villa Viçosa, da Ordem de S. Izabel, Rainha de Portugal, e das Ordens militares de Christo, S. Bento de Aviz e S. Thiago da Espada. A Rainha D. Maria II, era filha de S. M. D. Pedro I, Imperador do Brasil, e Rei de Portugal sob o nome de D. Pedro IV, e nasceu no Rio de Janeiro, no Real Paço da Quinta da Boa Vista, em 4 de Abril de 1819, fallecendo em 15 de Novembro de 1853, em Lisboa.

O Duque de Santa Cruz foi o unico Principe extrangeiro que recebeu um titulo brasileiro, conferido por seu sogro e cunhado D. Pedro I.

BRAZÃO DE ARMAS: Reprodusimos o que encontramos em J. B. Rieststap, 1º vol. (CL 11 B) 1903. CORÔA: A de Duque.

CREAÇÃO DO TITULO: Duque por decreto de 5 de Novembro de 1839.