Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Suruhy (Barão com grandeza de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Suruhy (Barão com grandeza de)


SURUHY. (Barão com grandeza de) Manuel da Fonseca e Silva. Nasceu no Rio de Janeiro em 10 de Junho de 1793.

Falleceu nessa cidade em 1 de Abril de 1869.

Filho do Marechal de Campo José Joaquim de Lima e Silva e de sua mulher

D. Joanna Maria da Fonseca Costa. Era irmão do Visconde de Magé e tio

do Duque de Caxias e Conde de Tocantins.

Casou com D. Carlota Guilhermina de Lima e Silva, Dama honoraria de

S. Magestade a Imperatriz, e irmã do Duque de Caxias e do Conde

de Tocantins.

Sentou praça como 1º cadete em 25 de Novembro de 1806, matriculou-se na Academia Militar, em 1811, completando o curso em 1816.

Capitão de Caçadores, seguio contra a Revolução Pernambucana de 1817 e a da Bahia, em 1822. Fez a campanha Cisplatina de 1825. Ministro da Guerra no Gabinete de 16 de Julho de 1831, occupou novamente esta pasta e interinamente a da Marinha no Gabinete de 16 de Janeiro de 1836, e foi Ministro do Imperio em 1837, Gabinete de 19 de Setembro. Deputado á Assembléa Provincial do Rio de Janeiro, foi Presidente da Provincia de S. Paulo em 1844 e Governador das Armas da Provincia de 1844 a 1847. Tenente-General em 1852, Ajudante-General do Exercito em 1860.

Era Grande do Imperio, Conselheiro de Guerra, em 1852. Fidalgo Cavalleiro da Casa Imperial, Grã-Cruz da Imperial Ordem de S. Bento de Aviz, Official da Imperial Ordem do Cruzeiro e Cavalleiro da Imperial Ordem da Rosa. Tinha as medalhas da Guerra da Independencia na Bahia.

BRAZÃO DE ARMAS: (Vide descripção no titulo Duque de Caxias). CORÔA: A de Conde.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão com grandeza por decreto de 2 de Desembro de 1854.