Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Tibagy (Barão de)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Tibagy (Barão de)


TIBAGY. (Barão de) José Caetano de Oliveira.

Nasceu em Sorocaba (S. Paulo).

Falleceu na cidade de Palmeira, Provincia de Paraná, a 17 de Novembro de

1863, com 68 annos de idade.

Filho de Manuel Gonçalves de Oliveira.

Casou na capella do Tamanduá, nos Campos Geraes de Curityba, com D. Cherubina Rosa Marcondes de Sá, filha do Tenente Manuel José de Araujo, e de sua mulher D. Anna da Conceição de Sá. Eram paes da Viscondessa de Guarapuava, D. Zeferina Marcondes de Sá, e do Conselheiro Jesuino Marcondes de Oliveira e Sá, que foi Ministro de de Estado dos Negocios da Agricultura, Commercio e Obras Publicas. no 20º Gabinete (Furtado) de 31 de Agosto de 1864, Deputado Provincial e Geral nas 12ª e 13ª legislaturas de 1864 a 1870 pelo Paraná e Presidente dessa Provincia em 1889. A esta familia pertenceram muitos dos primeiros povoadores de Guarapuava, Palmas e Castro.

Importante e conceituado fazendeiro no Paraná. Com seu sogro, o Tenente Manuel José de Araujo, acima, e varios de seus cunhados, entre os quaes o Capitão Domingos Ignacio de Araujo, e Antonio Joaquim de Camargo, foi um dos fundadores da actual cidade da Palmeira, onde viveu e falleceu, e presidiu á abertura das primeiras estradas para o Rio Iguassu e Campos de Palmas.

Foi Alferes de Milicias nos tempos do dominio portuguez, e Cavalleiro da Imperial Ordem da Rosa e da de Christo.

BRAZÃO DE ARMAS: Escudo partido em pala: na primeira, de azul, tres faxas de oiro e chefe de sinople carregado de tres besantes de prata em faxa; na segunda, as armas dos Oliveiras, — de góles uma oliveira verde com raizes, perfis e fructos de oiro; e sobre tudo, um escudete de sable com um cavallo de prata rompante. Timbre: a oliveira das armas.

CORÔA: A de Barão.

CREAÇÃO DO TITULO: Barão por decreto de 4 de Agosto de 1858.