Abrir menu principal

Archivo nobiliarchico brasileiro/Villa da Barra (Barão com grandeza da)

Archivo nobiliarchico brasileiro
José Smith de Vasconcelos e Rodolfo Smith de Vasconcelos
Villa da Barra (Barão com grandeza da)


VILLA DA BARRA. (Barão com grandeza da) D.r Francisco Bonifacio de Abreu.

Nasceu na Villa da Barra, na Bahia, em 29 de Novembro de 1819.

Falleceu no Rio de Janeiro em 30 de Julho de 1887.

Filho de Francisco Bonifacio de Abreu e de sua mulher D. Joanna Francisca da Motta.

Doutor em Medicina e lente da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, Cirurgião Coronel honorario do Exercito, por serviços prestados na Campanha do Paraguay, Deputado á Assembléa Geral pela Provincia da Bahia, nas 14ª, 15ª, 16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª legislaturas.

Presidiu as Provincias do Para em 1872, e de Minas Geraes em 1876.

Era Grande do Imperio, do Conselho de S. Magestade, medico da Imperial Camara, Grande Dignitario da Imperial Ordem da Rosa, Commendador da Imperial Ordem de Christo, e condecorado com a medalha da Campanha do Paraguay.

Foi autor de varias obras litterarias e scientificas e distincto poeta. Socio do Instituto Historico e Geographico Brasileiro, e membro de varias sociedades scientificas e litterarias.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por decreto de 6 de Setembro de 1870. Barão com grandeza por decreto de 15 de Novembro de 1876.

VILLA BELLA. Barão com grandeza de) Francisco de Paula

Magessi Tavares de Carvalho. Nasceu no Castello de Vide, em Portugal, em 11 de Desembro de 1769.

Falleceu em 26 de Junho de 1847.

Casou com D. Francisca de Paula Oliveira Coutinho Magessi.

Sentou praça de primeiro cadete, em 30 de Novembro de 1778, em Portugal. Promovido a Marechal de Campo em 1815, foi Governador da Provincia de Matto-Grosso em 1817 e Tenente-General em 1818. Foi Governador da Provincia Cisplatina, e em 1825 foi nomeado Commandante do Exercito do Sul, e da praça de Montevidéo.

Foi Deputado Geral, do Conselho de S. Magestade, Grã-Cruz da Imperial Ordem de Christo e da Real Ordem de Villa Viçosa, de Portugal.

CREAÇÃO DOS TITULOS: Barão por decreto de 12 de Outubro de 1826. Barão com grandeza por decreto de 25 de Março de 1845.