Carta de Dom Pedro II para sua irmã Januária (4 de dezembro de 1863)

Carta de Dom Pedro II para sua irmã Januária (4 de dezembro de 1863)
por Dom Pedro II

Cara Mana

Se o piquete inglez que está a cair não m´o prohibiu pelas noticias que traga heide sahir amanhã na Curveta Nitheroy para correr alguns dos portos d´esta provincia estando de volta até a madrugada do dia 11. Por isso começo já esta carta dizendo-te qu<e> d´aqui só ha de novidade o que terás visto nos jornaes a respeito do triste successo entre a Jacobina e o Senador Firmino. Aquelle pediu logo demissão de ajudante de mordomo, e immediatamente lh´a concedi.

Estimo que estejas completamente boa assim como o Luiz e teus filhos.

Até a chegada das cartas que tornarás a escrever

Não ha nada de novo da Europa embora não recebesse carta tua. Estimo que vais bem. Vou embarcar, para sahir amanhã ao romper da aurora.

Um abraço ao Luiz, lembranças a teus filhos e mais este abraço saudosissimo para ti de

Teu Mano do coração

Pedro