Abrir menu principal
Em sonhos...
por Cruz e Sousa
Poema publicado em Broqueis (1893).
Obra com ortografia atualizada disponível em Em sonhos... (ortografia atualizada).




Nos santos oleos do luar, floria
Teu corpo ideal, com o resplendôr da Hellade...
E em toda a ethérea, brauda claridade
Como que erravam fluidos de harmonia...

As Aguias immortaes da Phantasia
Déram-te as azas e a serenidade
Para galgar, subir á Immensidade
Onde o clarão de tantos sóes radia.


Do espaço pelos limpidos velinos
Os Astros viéram claros, crystalinos,
Com chammas, vibrações, do alto, cantando...

Dos santos oleos no luar envôlto
Teu corpo éra O Astro nas esphéras sôlto,
Mais Sóes e mais Estrellas fecundando!