Página:A alma encantadora das ruas (1910).pdf/8


A

JOÃO RIBEIRO

Profunda admiração

João do Rio.