Página:Complemento dos ineditos de Alexandre de Gusmão.djvu/101


[ 95 ]


tanto á tua companhia como á tua compaixão! Por ella te prometto, que hoje mesmo serás comigo no Paraizo. Entre-tanto ficareis vós padecendo os sentimentos da minha auzencia, Mulher Bemdita; que nem valor tenho nesta hora para chamar-vos Mãe. Por um filho, que perdeis, vos deixo todo o mundo por filhos na pessoa de João.

Elles tenham o cuidado de venerar-vos de hoje em diante como mãe, pois tanto lhes convém, e a vós, o cuidado de amparal-os sempre como filhos, pois tanto vos mereço.

E pois é hoje consummado o negocio para que fui mandado: que resta agora senão voltar aos braços de quem me mandou? Pater in mauus tuas commendo spiritum meum.[1]

Dizendo isto, e dando um grande brádo, inclinou um pouco a cabeça o Redemptor do Mundo, e expirou.

Disse.

  1. «Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito», Lucas 23:46