Página:Obras de Manoel Antonio Alvares de Azevedo v1.djvu/290


Nas nuvens cor de cinza do horizonte
A lua amarelada a face embuça;
Parece que tem frio e, no seu leito,
Deitou, para dormir, a carapuça.
 
Ergueu-se... vem da noite a vagabunda
Sem xale, sem camisa e sem mantilha,